CroPoesias – Poesias, Crônicas e Contos

Sou pequeno, mas Aquele que está em mim é maior do que eu – poesia

pequeno

VISITE MEU

Ser pequeno diante daquele que pode nos salvar para toda a eternidade é uma escolha simples, porém muitas pessoas acreditam que o melhor da vida está aqui, nesta efêmera passagem pela Terra. Vaidade, tolice pensar-se que optar pela vida mundana é a melhor escolha.

Sou pequeno, mas Aquele que está em mim é maior do que eu

Como sou pequeno, tão pequeno diante de sua mão poderosa

Mão que faz milagres, mão misericordiosa que também destrói

Aqueles que são ímpios e contra o Pai Celestial, existência honrosa

Cuja Palavra Sagrada quando aqui chegou mostrou que a tudo constrói

 

Eu ouvia falar sobre Ele, que estava em um livro chamado de sagrado

Mas foi num entardecer que sua doce voz veio até mim pelo Espírito Santo

E sua intensa luz inundou minha alma, e embora tão pequeno me senti muito amado

Nos meus ouvidos Ele sussurrou seu nome: Sou Jesus, vem toma o meu manto

 

O manto era a Palavra de Deus, o caminho da luz, da verdade e da vida

Não fiquei assustado, porque sua presença sempre esteve em meu coração

Eu não o via, mas o sentia e Ele disse que para mim não havia outra saída

Que tínhamos uma aliança, criada muito antes de meu nascimento, daí sua proteção

 

Maravilhado como nunca estive, lágrimas contínuas passei a derramar

Jesus tocou-me suavemente o coração e perguntou por que eu tanto chorava

Eu disse que tanto pequei contra Ele e o Pai, e Ele sempre esteve ali a me amar

E Jesus disse que me entendia, porque o meu coração há muito Ele sondava

 

Perguntei se ele sempre esteve em mim? Dentro de meu peito?

Jesus sorriu e disse que nunca me abandonou apesar de cada pecado

Que entendia a causa de meus erros, porque eu não era um ser perfeito

E sofrer provações fazia parte de nossa aliança, para que eu me tornasse servo honrado

 

Sou pequeno, tão pequeno meu Senhor, como podes se preocupar comigo?

Jesus disse que todos são obras de Deus, e que cada um tem uma missão

E que embora eu tenha passado pelo pecado, eu lutaria contra o inimigo

Do Pai e Dele, levando ao mundo a Palavra, instrumento de toda redenção

Robert Thomaz

Você também pode gostar dessa poesia:

“A mão de Deus”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.