CroPoesias – Poesias, Crônicas e Contos

Mergulhados na fonte – poesia

mergulhados

VISITE MEU

Conheci os mergulhados na fonte em um congresso evangélico para mulheres. Conheci-os na pessoa de seu pastor, um homem simples, mas profundamente centrado na missão de glorificar o Senhor Nosso Deus.

Envidando grandes esforços financeiros e físicos, ele e muitos integrantes de seu ministério empreendem a construção de um templo grandioso, conforme pude avaliar segundo as condições que se encontram e em meio a crise econômica que o país atravessa.

Mas nada é impossível para aquele que carrega força e energia mais poderosa do universo em seu peito: o amor, o amor que Deus nos concedeu quando nos criou, amor que pode curar, amor que pode remover montanhas, amor que pode abrir mares.

Este poema foi criado em homenagem aos mergulhados na fonte e para a glória do Senhor Nosso Deus e seu Filho Jesus Cristo.

Mergulhados na fonte

Senhores, eu testemunhei irmãos em Jesus mergulhados

Mergulhados na fonte de água da vida, fonte de todo encanto

Maravilha que rege nossas vidas e corações, eles são irmãos ousados

Em construir uma nova casa para o Pai, o Filho, e o Espírito Santo

 

Empenhados em algo aparentemente impossível ergueram colunas

E no vazio, o Senhor proveu a argamassa, o tijolo e o vergalhão

Pois em seus corações Ele sentiu o amor e não escuras lacunas

Sentiu esforço, devoção ao único Deus que é ele, o Senhor da Redenção

 

Ao adentrar naquele ainda rústico local de oração ao Pai Celestial

Senti minha carne tremular e uma energia tomar conta de meu coração

Era Deus e seu filho a testificar a crença daqueles irmãos, fato surreal

Filhos guiados na confiança do Pai, que nos ouve carinhosamente pela oração

 

E onde era barro e cascalho, Ele e Jesus soergueram o templo futuro

Que há de ficar maravilhoso, como todas as obras construídas pelo Senhor

Nas quais ele coloca sua mão poderosa e faz o perdido se tornar o seguro

E eu ainda verei tão bela obra glorificar e louvar ao nosso magnânimo Criador

Robert Thomaz

Você também pode gostar dessa poesia:

“Migalhas de amor”

2 comentários sobre “Mergulhados na fonte – poesia

  1. Frieda Meyer

    Eu sou suspeita de qualquer comentário, olho seus poemas com os olhos da alma, são lindos e sempre me tocam profundamente. Quando uma coisa boa encontra um bom paladar então está aí a química perfeita. Você escreve maravilhosamente bem e eu tenho a sensibilidade da mulher madura para admirar. Pronto: é maravilhoso. Nunca pare de escrever Robert (Poeta) o mundo com sua poesia fica mais suave, mais calmo e suas palavras, mesmo as que não tem intenção de ser poema soam em nós como puras poesias. Obrigada por eu conhecer sua poesia.

  2. Robert Autor da Postagem

    Olá minha muito estimada amiga Frieda Meyer! Sinto-me honrado com sua presença no meu “recanto poético” que poucos em verdade vem realmente se deleitar. Minha intenção – na maioria das vezes – não compreendida é levar a essência do amor tão almejado por todos, a corações tristes, melancólicos, abandonados, mas também alegres, entusiasmados com a vida e sua grandeza. Fico feliz por seu regozijo com “meus escritos” e agradeço suas manifestações de estima e apreço. Gratidão por sua amizade, carinho e atenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.