CroPoesias – Poesias, Crônicas e Contos

Jesus, eu te amarei por toda a minha vida – poesia

Jesus

VISITE MEU

Algo dentro de mim, algo velado, oculto, mas não obscuro desde a minha tenra infância dizia-me que existia algo mais poderoso do que eu. Essa sensação acompanhou-me por todas as fases da vida, tornando-se intensa e profunda depois que li a primeira vez a Bíblia (versão católica).

Li o Novo Testamento por duas vezes (da versão católica) e essa leitura revelou-me a presença do Filho, Jesus Cristo, em minha vida. Ele já estava presente em minhas orações desde criança, quando minha mãe ensinou-me a rezar, mas sua presença espiritual, plena confirmou-se com essas leituras.

Depois, quando me tornei evangélico, essa convicção se aprofundou e a cada avanço na Palavra do Senhor, a figura dele foi tomando conta de mim, de minha consciência.

Jesus, eu te amarei por toda a minha vida

Eu nem havia nascido, nem formas e cor possuía e nem havia visto a luz

E sem saber a razão obtive graças aos teus olhos sublimes e grandiosos

Tu em vossa estupenda grandeza fez a mim concerto, ó grandioso Jesus

Promessa translúcida em minha mente, apesar de meus atos pecaminosos

 

Que eu fosse sincero e reto contigo, fiel aos mandamentos do Pai até o final

Por que na cruz passaste cruel castigo, vil calvário por meus pecados e ofensas

E ao pensar em teu sofrimento meus olhos derramam lágrimas, sofrimento letal

Que passaste por mim, eu que não sou tão importante, mas assim tu não pensas

 

Entregaste à morte por amor ao meu espírito, amor intenso e incondicional

Amor manifesto desde o momento que do ventre sai e passei a existência

Estando junto a mim na bonança ou na grave tempestade és tão fenomenal

Minha gratidão ó meu bondoso Jesus que comigo tem carinho e profunda paciência

 

E aos céus e legião de anjos tu determinaste em tua onipotência e onipresença

Que quando o mal em mim tocasse, jamais poderia levar-me aos portões da morte

Antes que eu cumprisse teu propósito neste mundo, essa era a minha oculta sentença

Viver pela missão de orar e ajudar aos necessitados, aqueles julgados sem sorte

Robert Thomaz

Você também pode gostar dessa poesia:

“A paz do Senhor no meu coração”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.