CroPoesias – Poesias, Crônicas e Contos

O piso em que caminho será o teto do meu descanso – poesia

descanso

VISITE MEU

A vida para aqueles que acreditam no Deus vivo, em Jesus Cristo como essência viva e restaurada pela ressurreição, tem um sentido e uma direção relativamente diferente em relação a outras pessoas cuja crença não é focada no Senhor Jesus.

Na Palavra do Deus Pai Celestial – os mandamentos – encontramos regras e imposições que certamente não fáceis de cumprir. Porque temos enraizado o pecado em nossa essência e dele não podemos nos desvencilhar enquanto encarnados. Porém, podemos conseguir a salvação impedindo a perpetração de pecados e ofensas ao Senhor Nosso Deus.  Como?

Evitando cometer os pecados e ofensas, e caso caia em tentação e cometimento, arrepender-se de sua fraqueza e perdição.

O piso em que caminho será o teto do meu descanso

Caminho serenamente por esse piso que será o teto do meu descanso

Pavimento limpo e áspero, o entorno do jardim, não perfumado

Meu olhar taciturno caminha além de meu corpo, eu não me canso

A tristeza que perpassa minhas entranhas é banida em tom educado

Minha consciência revela-me que devo conhecer a mim mesmo, socrático

Porque somente conhecendo o terreno onde está enraizada minha alma

Posso entender porque sementes brotarão e outras não, algo pragmático

O tempo que singra a pele se evidencia em minha existência, que eu tenha calma

Por que envelhecer para minha mente que amadurece é apenas um efeito

Que se manifesta na vida tão puramente carnal, existência breve e terminal

Vida que vivo pela lealdade e crença no Senhor Deus, conduta com respeito

Que se estenderá na medida do meu amor por Ele e seu Filho, homem sem igual

O piso que caminho será o teto de meu descanso, quando estarei tão cansado

Da missão recebida ainda no ventre de minha mãe, de ser servo e seu pastor

De levar a essência de sua Palavra pelas bênçãos recebidas, lá no meu passado

Graça que tive aos seus olhos por não o questionar em meu coração, meu remidor

Robert Thomaz

Você também pode gostar dessa poesia:

“Que todo o mal vire amor!”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.