CroPoesias – Poesias, Crônicas e Contos

Eu sou o céu e o mar… – poesia

céu

VISITE MEU

O amor sempre será o tema-foco para poetas. Ele é uma imensa e profunda fonte criativa, praticamente inesgotável em vista que o amor se renova, como as flores, folhas e frutas de uma árvore.

O abraço, o beijo, o carinho, a atenção, os gestos, olhares e sorrisos são pétalas dessa flor perfumada e encantadora que podemos chamar de amor. O amor une homem e mulher de maneira tão intensa que, muitas vezes, eles mesmos não sabem como tudo começou e onde começou.

Ser fonte amorosa para o outro é doar-se um pouco a cada dia, a cada amanhecer e anoitecer.

Eu sou o céu e o mar…

Quantas saudades eu sinto de ti, quando declarávamos o nosso amor

Você sorria diante de meus olhos emocionados e pedia o meu calor

Então nos abraçávamos e pensávamos no futuro de nossa história

Em cada momento planejado, em cada instante de alegria e glória

 

Então você disse com o olhar marejado que eu era o céu e o mar

Que durante o dia eu era o teto que te protegia, que eu era o teu lar

Que durante a noite eu era a água que te saciava, que a tua alma nutria

O vento acariciava o teu rosto, teus cabelos e nada mais te importava no dia

 

Eu queria falar muito, porém você me encarava e pedia minha mudez

Tocando meus lábios com sua mão delicada, banindo de mim qualquer rudez

Eu me calava ao sentir teus lábios umedecerem os meus, selando nossa relação

Nesse instante o tempo parava e eu me sentia o céu e o mar, com muita emoção

 

Seu abraço envolvia mais que meu corpo, acolhia meu espírito e meu coração

Eu me sentia amado e feliz, tudo fazia para vê-la feliz, alegre e cheia de paixão

Sim, era isso que eu segredava em minhas orações ao Senhor e pedia sua atenção

E como homem sincero e leal, Ele respondia dentro de mim paciência e retidão

Robert Thomaz

Você também pode gostar dessa poesia:

“O piso em que caminho será o teto do meu descanso”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.