CroPoesias – Poesias, Crônicas e Contos

Amante das estrelas eu sou, mas tua serei meu varão – poesia

amante

VISITE MEU

Amante, em algum tempo de nossas vidas, todos nós fomos mesmo que não correspondidos. Desejamos ser amados e amar e esse desejo ou intenção é mais que uma necessidade psicológica do ser humano. Ela reflete o amor incipiente que Deus nos apresenta em seus mandamentos, apresentados por Moisés e testificados por seu Filho Jesus Cristo.

Amar deve ser um sentimento profundo e abrangente, o qual deve ser focado não tão somente na pessoa pela qual nos apaixonamos ou que tenha relação consanguínea conosco, mas no próximo, naquele que necessita de ajuda seja ela moral, emocional ou financeira. Ame em plenitude, sem vergonha de expressar esse sentimento tão poderoso e digno.

Amante das estrelas eu sou, mas tua serei meu varão

Do luar colho meu encanto, das estrelas sequestro o brilho, sou beleza

Em corpo de mulher, amante das estrelas que te faz confuso, hesitante

Por minha doçura cintilante, meus lábios doces que indicam minha riqueza

Não vista em pedras preciosas ou no ouro tentador, mas em minha alma instigante

 

Venha conhecer o leite e o mel que te ofereço, eles estão ocultos em meu amor

Precisarás viver muito mais que uma jornada ao meu lado, uma vida de provação

Para me conhecer será necessário aprender sobre aquilo que me define: o amor

Sou amante das estrelas e serei tua somente se tiveres em tua conduta a retidão

 

Sim, se fores varão dedicado ao Caminho de Deus, de sua palavra tão maravilhosa

Terás que orar comigo desde o primeiro momento para que Dele recebas a atenção

Porque não há outro caminho a escolher para ter-me como tua mulher, tua formosa

Amante das estrelas eu sempre serei, para delas guardar o encanto em meu coração

 

Então não te demores em tua escolha meu homem valente, siga a estrada apertada

Submeta-se aos mandamentos do Senhor e sejas eternamente o meu cometa

Figura cósmica a percorrer o espaço e a espalhar seu brilho pela qual sou apaixonada

Te amarei por toda a eternidade, afinal sei que queres que eu assim me comprometa

Robert Thomaz

Você também pode gostar dessa poesia:

“Estudar, sim devemos estudar”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.